sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Olhar a Roménia


Talvez por ignorância minha, nunca tinha ouvido falar de tal coisa como a cinematografia romena. É por isso com grande surpresa que assisto a esta pequena explosão de filmes excepcionais que aos poucos vão estreando em sala. A Morte do Senhor Lazarescu, de Cristian Puiu, foi premiado em Cannes. Um retrato cru, centrado numa personagem, que nos convida a uma angustiante visita ao sistema de saúde romeno que, apesar de deficitário, parece melhor do que o americano, retratado em Sicko, por Michael Moore.
Em sala, está também A Este de Bucareste, de Corneliu Porumboiu, onde acompanhamos o dia de três participantes num debate televisivo numa estação local, quase sem recursos, onde a grande questão é se houve revolução numa pequena cidade a este de Bucareste. Uma brilhante comédia que mostra a capacidade que os romenos têm de se rir de si próprios.
Ainda por estrear está o mais brutal dos filmes. Quatro meses, três semanas e dois dias, de Cristian Migiu, ganhou a Palma de Ouro em Cannes e passou no European Film festival. É um retrato cruel do aborto clandestino. De cortar a respiração.
A estes junta-se a curta-metragem The Tube with a Hat, de Radu Jude, que foi premiado no Indie e no Imago. A odisseia de um pai e de um filho que levam a televisão a arranjar na Roménia profunda.
Todos estes filmes têm em comum um olhar cru e a escassez ou ausência de cortes temporais. Um realismo que se impunha num país à beira do desespero que nos é apresentado num estilo quase documental. Estes quatro exemplos sugerem que a cinematografia romena pós-Ceausescu é uma das mais fascinantes da actualidade.

1 comentários:

Administrador disse...

Boa tarde,

Parabéns pelo Blogue do JL - Jornal de Letras Artes e Ideias.

Apesar de não estar relacionado com a postage, gostava de apresentar este convite:

Eu represento um grupo de professores que decidiu criar o concurso de vídeos no YouTube intitulado "BiblioFilmes – Livros, Bibliotecas, Acção!", que visa além de promover a leitura, o livro e as bibliotecas públicas e escolares através das novas tecnologias, angariar fundos.

Poderão encontrar mais informação na página oficial do concurso em http://bibliofilmes.com
e no blogue http://BiblioFilmes.blogspot.com .

Vínhamos, por este meio, divulgar a iniciativa e também convidar à divulgação no blogue e no Jornal de Letras e, eventualmente, participação.

O concurso conta com o patrocínio aos prémios do El Corte Inglés e o apoio do Gabinete do Plano Tecnológico.

Os filmes terão de ser feitos até 2 de Abril de 2008 (Dia Internacional do Livro Infantil), data em que se iniciará o período de votações, até 23 de Abril (Dia Mundial do Livro), em que serão anunciados os vencedores.

Com os nossos melhores cumprimentos,

Organização BiblioFilmes
bibliofilmes (arroba) xariti.com