quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Capas Escolhidas - 1





Podiam ser muitas outras ao longo de 17 anos de trabalho diário nesta redacção. Outras cores, outros temas, outros enquadramentos, mil pequenas coisas que, dando conta da actualidade cultural, não deixam de reflectir um pouco de cada um de nós. Ou do que cada um de nós foi naquele momento particular da História do jornal.


Bati-me por esta capa - porque é Espanha, país que amo tanto como o meu, porque, arvorando a bandeira da lusofonia, o JL não pode voltar as costas ao mundo, porque recordar episódios trágicos como a Guerra Civil de Espanha é uma forma de intervenção no presente de que o jornalismo não pode abdicar.

3 comentários:

Nuno Rodrigues disse...

O jornalismo é essencial, não para ser simplesmente um negócio como actualmente ocorre, mas para abrir consciências e apontar os erros que cada dia se deparam e parecem ser cada vez maiores. Parabéns JL, obrigado por nos defenderes.
"O maior erro das gerações vindouras é permitir que se repitam os erros do passado."
A arte desempenha um dos papeis cimeiros. Por isso essa capa está tão incrível. Do inagualável Dalí.

jugioli disse...

JL, parabéns pelo nível cultural que você elabora neste Jornal.

JU

Marco disse...

Prezada Maria João:

Acompanho o JL desde que passei a assinar o propaganda e arte em julho de 2008 (http://propagandaearte.blogs.sapo.pt) por tratar de assuntos com os quais estou envolvido diretamente e, por consequência, serem de amplo interesse meu.
Sou publicitário, sócio e Presidente de Criação da TRADE Consultoria e Soluções em Marketing (www.tradeagencia.com), uma agência de propaganda situada em Copacabana, no Rio de Janeiro. Além disso, atuo no magistério (universidades que ofereçam os cursos de Propaganda, Marketing e Administração) e ministro palestras e cursos "in company" para os clientes da TRADE.
Há alguns anos, em 1995 mais precisamente, depois de muito procurar nas livrarias daqui do Rio e de São Paulo também e nada encontrar, percebi ser importante escrever um livro sobre redação publicitária que funcionasse como um "guia" para os alunos dos cursos de Propaganda e Marketing, ajudando-os nas suas aulas e que facilitasse o aprendizado sobre a construção de textos publicitários para as mais diversas mídias. Algum tempo depois lancei uma segunda edição revisada e melhorada através da Saraiva a maior livaria e editora da América Latina. Agora a 7 Dias & 6 Noites Editores Unipessoal Lda., localizada no Porto, lança a versão lusa desse meu trabalho literário.
O motivo de minha comunicação com você é saber da possibilidade de citar o meu livro num post do JL para que mais pessoas ligadas ao setor direta ou indiretamente tomem conhecimento desse trabalho dirigido aos estudantes e (por que não?) profissionais de comunicação, que a partir desta semana começa a ser distribuído em todas as livrarias de Portugal. A editora fará inclusive um trabalho junto aos mestres de diversas universidades.
Ficarei muitíssimo grato se puder me acenar com essa possibilidade. É muito importante para mim este tipo de divulgação uma vez que estou em vias de ter aprovado por outra editora portuguesa os originais de mais um livro meu, este voltado para a criação e produção de comerciais para TV.
Como autor estrangeiro e novo em Portugal todo o apoio que possa ter por profissionais portugueses contribuirá para maior credibilidade de meu nome e meu trabalho, portanto. Digo também que, desde já, fica à sua disposição o PROPAGANDA & ARTE, para o que necessitar.
Deixo aqui o meu abraço e o agradecimento por seu tempo. Fico no aguardo de seu contato diretamente para o meu e-mail: cidade.ma@gmail.com

Sds.

Marco Aurélio Cidade