terça-feira, 6 de maio de 2008

Bernardo Soares desassossega Os Maias

Por um voto se ganha. E por um voto se perde. A votação foi emocionante, mas mesmo à beira do fim, quando já se pensava que tudo iria ficar empatado, eis que um eleitor audaz, desassossegou Os Maias, votando na obra de Bernardo Soares. 28-27, o resultado final. Lá para o final da tabela ficou Camões, Saramago, Herberto, Raul Brandão e Álvaro de Campos. Nunca estes escritores se imaginaram em tal competição.

Livro do Desassossego, de Bernardo Soares 28
Os Maias, de Eças de Queirós 27
Poesia Toda, de Herberto Helder 14
Poesia de Álvaro de Campos 8
O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago 7
Lírica, de Camões 6
Húmus, de Raul Brandão 3

1 comentários:

Ente lectual disse...

mas que raio de votações sãoe stas que não permitem aldrabices, chapeladas, votos fantasma,"recarregamentos" da página que imediatamente acrescentem um dos 700 votos desejados na opção escolhida?

Um pouco de dignidade, meus senhores. Só assim se explica a posição do Húmus na tabela.