quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Nas bancas


JL 972
de 2 a 15 de Janeiro

Revolução na edição em Portugal
O fenómeno da concentração: a compra e venda de empresas e chancelas a 'todo o vapor' • Que lugar para as editoras independentes de várias dimensões • As opiniões de especialistas

Alberto Carneiro
A natureza do artista • Entrevista

Alberto Lacerda
Retrato do poeta • Cartas e poemas inéditos • O destino do acervo

Figura: António Arnaut, O primado da Ética

Autobiografia: Ana Vidigal, As desgraças da vida são a alegria da arte

Pré-publicação: Garrett e os Estados Unidos da América, de Duarte Ivo Cruz

Letras: Uma ‘biografia’ de Cesário Verde, por Eugénio Lisboa

O primeiro livro de Carlos Machado

As crónicas de Guilherme d’Oliveira Martins, Jacinto Rego de Almeida, Jorge Listopad, José Luís Peixoto, Tiago Torres da Silva, Viriato Soromenho-Marques

2 comentários:

RAA disse...

Um bom número. É pena o excesso de itálico, certamente um lapso.

pedro morais correia disse...

Excelente, o pro memoria, desta semana. Eugénio Lisboa escreve o que muitos, que pensam, pensam sobre o protagonismo dado à mediocridade. A Sra.Vírgula é um dos exemplos deste fenómeno.