quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Jello Biafra em Portugal

O lendário vocalista dos Dead Kennedys vem a Portugal, pela primeira vez, apresentar o seu novo projecto Jello Biafra and The Guantanamo School of Medicine. Sem deixar de lado as guitarras punk, os temas reflectem o seu ponto de vista político sobre a questão bélica EUA – Iraque. Acompanhado em palco por Andrew Weiss (Rollins Band, Ween, Butthole Surfers), Kimo Ball (Freak Accident), Ralph Spight (Victims Family), e Jon Weiss. Cine-Teatro Ginásio Clube, em Corroios, a 11, às 21 e 30

4 comentários:

Hey A. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andreia disse...

Boa noite,

O meu nome é Andreia Silva e terminei recentemente a licenciatura em Jornalismo na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Gostaria imenso de ter a oportunidade de realizar o meu estágio curricular no vosso jornal, pois tenho grande interesse em temas culturais. Gostaria de saber qual a forma de fazer chegar o meu currículo e contactos. Obrigado.

Cumprimentos,

Andreia Silva

Fanzine Episódio Cultural disse...

Olá!! Este é um convite para você participar do “Grupo Academia Machadense de Letras”, onde você poderá publicar gratuitamente seus poemas, contos, crônicas, livros, música; textos sobre saúde, eventos, sugestões de filmes, Artes, Shows, teatro, cinema, dança, artesanato... Acesse o link abaixo e no canto superior direito clique em (PARTICIPAR). Grande abraço!
Link do Grupo: https://www.facebook.com/groups/149884331847903/
Meu perfil: https://www.facebook.com/carlosroberto.desouza.7

HeitorMonteiro disse...

Li no JL (capa: Carlos do Carmo) 2 críticas que suponho terem sido escritas pela autora deste comentário e gostava de lhe fazer chegar a minha opinião sobre o que li. Tratava-se de uma crítica de uma versão gravada da 9ª de Schubert e do último álbum de Paul McCartney. Em relação à primeira: não é crítica musical. Não fala da interpretação propriamente dita, nem faz qualquer comparação com as versões disponíveis no mercado limitando-se a falar do homem e não da obra em questão.
Nenhum dos Beatles tem obra pós Beatles? John Lennon escreveu vários Hinos após a saída dos Beatlesdos quais "Imagine" (uma obra icónica no mundo pop) basta para exemplo.